Sábado, 20 de Outubro de 2007

Homossexualidade

Hoje decidi abordar o tema da Homossexualidade. Esta ideia surgiu depois de uma conversa entre colegas em que falamos da reacção dos pais à descoberta de um filho ou filha homossexual, e também da adopção de crianças por casais homossexuais.

Em relação à homossexualidade, a minha opinião é muito clara: cada um deve procurar a felicidade. Se és feliz ao lado de alguém que é do mesmo sexo que tu, então, sê feliz!

A nossa sociedade é muito hipócrita, e é assim porque não é feliz. A maioria das pessoas não consegue ser feliz e tem inveja daqueles que o são, por isso, arranja sempre uma maneira de lhes estragar o dia ou a vida.

A verdade é que se fossemos mais felizes, não passaríamos a vida a gozar o vizinho porque ele é assim ou assado. Se fossemos felizes gostaríamos de ver os outros igualmente felizes.

Mas enfim, estou a falar de uma utopia.....

A rejeição por parte dos pais tem sido, muitas vezes, um entrave para que os homossexuais se assumam mais cedo, que sejam quem realmente são e parem de fingir. É claro que é difícil para um pai/mãe aceitar a diferente orientação sexual de um filho, mas rejeitá-lo por isso é imperdoável e só demonstra que essa pessoa não merece ser chamada de pai/mãe, porque ao rejeitar só está a pensar em si e não no filho, está a ser egoísta e um Pai não deve pensar apenas na sua felicidade, mas sim e, sobretudo, na felicidade dos seus filhos, pois se um filho não é feliz, um pai também não o consegue ser.

Numa sociedade maioritariamente heterossexual, a adopção de crianças por casais homossexuais também não é vista com bons olhos. Muitos (preconceituosos e retrógradas) diriam que o facto de um criança ser adoptada por dois homens ou duas mulheres pode influenciá-la nas suas tendências sexuais. Puro disparate! A homossexualidade ou heterossexualidade já nasce connosco. As pessoas não se tornam homossexuais de um momento para o outro, elas já nascem com essa tendência. Podem sim reprimi-la e negá-la, mas acabam sempre por ceder a ela. O que quero dizer com isto é que, o facto de uma criança conviver com um casal homossexual não vai alterar a sua sexualidade.

Podem também dizer que se uma criança for adoptada por um casal homossexual vai sofrer represálias (por parte dos colegas da escola, por exemplo). Mas digam-me lá vocês que eram gordinhos ou usavam óculos na escola, como vos tratavam os vossos colegas?

Perguntem a uma criança que está num orfanato à espera da família que nunca mais chega, o que ela prefere? Ser adoptada por duas mulheres/dois homens  e sofrer represálias por isso, ou ficar no orfanato até a maioridade?

Provavelmente responderão, prefiro ter o amor de dois pais/duas mães do que não ter o amor de ninguém.

Defendo por isso, que deve ser permitido que casais homossexuais possam adoptar. Até porque, podem dar tanto ou mais amor a uma criança que muitos casais heterossexuais que por aí andam.

Pessoal, vocês têm que deixar estes preconceitos estúpidos. Deixem os outros serem felizes e sejam felizes também!

 Como diz a música do vídeo abaixo "free your mind". Ela refere-se à cor das pessoas, mas podem muito bem ser aplicada à tendência sexual.

 

Free your mind and the rest will follow
Be colour(sexuality)-blind, don't be so shallow
Free your mind and the rest will follow
...

publicado por Sofia_hd às 16:46
link do post | DEIXE A SUA OPINIÃO | favorito
|
45 comentários:
De sAndRa a 20 de Outubro de 2007 às 18:29
vivemos numa sociedade de hipocrisia. A maioria da populçao é infeliz e depois so sabe olhar para o lado e criticar. A mim nao me faz diferença nenhuma a homossexualidade.
beiju


De Brama a 21 de Outubro de 2007 às 03:53
Pois é ... sabes que mais, só tenho pena de infelizmente pertenceres a uma imensa minoria de pessoas com mente sã e respeito pelos outros. Ao pensares assim nos tempos que correm, já não deverias ser uma raridade, mas és. Concordo inteiramente com tudo o que dizes e mais, o que não tem sentido algum é que, na sociedade, onde supostamente todos têm os mesmos deveres, a mesma coisa não se aplique aos direitos e tenham de exisitr cidadãos de primeira e cidadãos de décima, uma vergonha, ainda mais, quando se deveria fazer cumprir o que vem consignado na constituição com respeito à igualdade entre as pessoas.
Fico contente pelo facto de existirem ainda algumas pessoas saudáveis e bonitas como tu; tenho pena de seres apenas uma de entre poucas.
Só quero fazer dois reparos, referes-te à homossexualidade como opção, deverias trocar o termo por orientação, é mais correcto, porque para a maioria dos gays e lésbicas, não é opção. Outro reparo ou talvez mais opinão pessoal, tem a ver com o facto de a heterossexualidade não ser certamente o que corresponde à maioria. Estou em crer que essa situação é mais socialmente convencionada que outra coisa.Também não quero dizer que a maioria seja homossexual. O que eu pessoalmente acho é que, as fronteiras na sexualidade humana são mesmo ténues, esbatem-se e o melhor será nem sequer encaixar as pessoas nisto ou naquilo, tenho visto muitas coisas que me levam a crer que as maiorias e as minorias são muito, muito relativas, talvez a maior parte dos homens e mulheres sejam, na verdade, mais bissexuais que outra coisa qualquer.


De Sofia_hd a 21 de Outubro de 2007 às 14:55
Tens razão, nós (que pensamos desta forma) ainda somos uma minoria, infelizmente!


De Anónimo a 21 de Outubro de 2007 às 17:14
Não estou nesta onda. Felizmente! Como nasceste?


De Sofia_hd a 21 de Outubro de 2007 às 17:18
Como nasci? Da mesma maneira que tu!

Mas não te preocupes, não é a homossexualidade que está a baixar a taxa de natalidade!



Obrigada pela visita.


De Brama a 21 de Outubro de 2007 às 19:59
Boa resposta, curta e grossa, cada vez gosto mais de ti. Não sei qual é a ideia destes anónimos, invadirem os blogs dos outros para ocuparem tempo a fazer comentários desprovidos de sentido


De Sofia_hd a 22 de Outubro de 2007 às 16:22
Obrigada pela parte que me toca! ;)

Ele (anónimo) só deu voz aquilo que uma grande parte da população ainda pensa, que a homossexualidade é uma coisa contra-natura. Infelizmente, ainda é este o pensamento que predomina...


De Sam a 28 de Novembro de 2007 às 17:55
Pois, o problema é que as pessoas não pensam mais longe...a televisão é natural? O computador é natural? A maioria dos comprimidos e as cirurgias que salvam milhões de vidas? Nada disso é natural.. Mas não oiço ninguém a dizer: "televisão? Que nojo.. Quem inventou isso devia morrer.." ao contrário do que tenho ouvido acerca da maneira de ser das pessoas..
E não nos podemos esquecer dos desastres NATURAIS como as erupções vulcânicas, tsunamis ou tornados que matam milhões de vidas.

A sexualidade de alguém não se "pega" nem é contagioso... E principalmente não magoa ninguém..


De Anónimo a 28 de Outubro de 2007 às 21:20
Um dia perguntár-te -às: porque não vivi a vida curtindo as maravilhas que Deus me pôs à minha frente? Qual foi a razão da criação do Adão e da Eva?Porque não deitei a semente para ver nascer algo de mim para poder deixar continuidade? E porque não me lembrei das palavras que Jesus deixou escritas : Crescei e multiplicai-vos!


De Sofia_hd a 28 de Outubro de 2007 às 21:41
Muito obrigada por relembrar um dos ensinamentos da Bíblia . É sempre interessante chamar a religião para estes assuntos.

Mas não se esqueça que lá (nesse livro escrito por homens) também se ensina: amar o próximo!; não matarás!, etc, etc.... e quem respeita isso???

Mas caro anónimo, não tenho nada contra que você queira crescer e multiplicar-se, da mesma forma que não tenho nada contra a homossexualidade.

Resumindo: seja feliz!

Obrigada pela visita e volte sempre.


De Maria a 22 de Outubro de 2007 às 10:05
Concordo plenamente com o post! E é pena haver pessoas como o «Anónimo» que acham que as relações sexuais só servem para procriar! Será que ele não o faz SÓ pelo prazer?!!!!!!


De Brama a 29 de Outubro de 2007 às 00:05
Também acho uma ideia hilariante misturar explicações religiosas, sobretudo as que se prendem com metáforas da Bíblia, como a criação de Adão e Eva, para justificar que a homossexualidade seja um desvio, uma espécie de pecado ou ... como ainda insistem alguns teóricos, inclusive alguns psicólogos e cientistas, uma doença passível de solução através de tratamento adequado. Será assim tão difícil o entendimento entre os humanos e o respeito pela saudável diversidade e ao mesmo tempo pela singularidade de cada um de nós? Será assim tão complicado as pessoas descerem do seu pedestal de pretensiosa sabedoria e observarem os outros exactamente como iguais a si próprios, mesmo sendo estes diferentes entre si? Será que, analisado a frio, somos todos assim tão diferentes naquilo que é mais elementar na condição humana, que justifique uma eterna incompatiblidade entre os homens? Será que esse anónimo segue tão fielmente todas as "boas" práticas bíblicas e as defende como parece ou refere fazê-lo em relação à sexualidade? Será ainda que o mesmo anónimo é tão ingénuo que, é capaz de acreditar que toda a diversidade étnica humana possa derivar apenas de um homen e de uma mulher? E se Adão e Eva tiveram dois filhos machos Abel e Caim, como se reproduziram eles??!!! Às tantas ainda tiveram brincadeiras homossexuais entre si, enquanto crianças ... quem sabe! Parece um dado por todos sabido que muitas vezes o primeiro contacto com a sexualidade humana desperta e ocorre entre crianças do mesmo sexo ... o que também não significa que tenham ou venham a ser homossexuais por isso. Já não vivemos em tempos das pessoas continuarem a defender afincadamente ideias absurdas, desculpabilizando-se por pura ignorância com ideias e práticas ancestrais, tão discutíveis, qunado hoje dispõem de tanta informação que os poderia elucidar


De ..... a 30 de Outubro de 2007 às 11:38
cOncordo plenamente ...

Penso que os pais nao podem intreferir na escolha dos filhos... Cada um sabe de si e deus sabe de todos!
Esta sociedade so pode modernizar-se se deixar de existir tais preconceitos..=|

Estou a fazer este comentario porque estou a pesquisar para um trabalho para a minha escola... sobre este assunto !


De Brama a 30 de Outubro de 2007 às 15:23
Então se é para um trabalho da escola ... será importante primeiro entender que não se trata propriamente de uma escolha porque, se assim fosse, ninguém escolheria ser discriminado, alvo de algum tipo de sofrimento, apartheid, ser posto à parte por familiares, supostos amigos ... em suma, ninguém escolheria o caminho mais complicado e tantas vezes de uma grande solidão pessoal. Tavez em alguns dos casos seja uma escolha, que será sempre pessoal e ninguém tem nada a ver com isso e só terá de respeitar. Por isso mesmo, continuo sempre a corrigir, não é opção ser-se homossexual ou heterossexual ... é uma orientação física, psicológica ...whatever.

Portanto se o jovem ou a jovem está a fazer este trabalho para a escola, será conveniente antes de mais corrigir esta espécie de conceptualização.

Peço desculpa à autora do blog pelo contínuo massacre de mensagens neste post ... as minhas desculpas



De Sofia_hd a 30 de Outubro de 2007 às 23:26
De modo algum, pode comentar à vontade!


De Brama a 30 de Outubro de 2007 às 22:58
Tinha respondido a este último comentário, acrescentando umas ideias mais, mas provavelmente algo correu mal e não seguiu ... sorry :-(


De Sofia_hd a 30 de Outubro de 2007 às 23:24
Eu é que peço desculpa, mas não recebi a notificação do seu primeiro comentário. Ia aceitar este seu segundo comentário (porque deste recebi notificação) e vi que que já tinha feito um outro comentário antes.

Desculpe.



De Brama a 30 de Outubro de 2007 às 23:48
Por favor não quero tratamentos por você ... sinto-me mais velho do que efectivamente sou ... prefiro mais alguma descontracção porque sinto-me mais confortável ;-)


De Sofia_hd a 30 de Outubro de 2007 às 23:50
Ok. Desculpa. ;)


De Brama a 31 de Outubro de 2007 às 00:09
As pessoas especiais merecem sempre ser desculpadas ;-)


De Sofia_hd a 31 de Outubro de 2007 às 00:17
Obrigado.


De Anna a 30 de Janeiro de 2008 às 20:08
Pois é...a sociedade está na decadência e não vai deixar de estar enquanto não se perceber que o grande problema é a mentalidade retrógrada...

acabei de encontrar o tema para o meu trabalho de português (homossexualidade)...sou capaz de não conseguir mudar nada lá na turma, mas sempre se vai tentando qualquer coisa...

tenho 17 anos e nunca tive absolutamente nada contra a homossexualidade...não vejo os problemas que isso pode trazer para a sociedade, não vejo porquê tanta confusão com uma coisa tão simples...
simplesmente não compreendo...

algum dia tem que mudar! afinal estamos em constante evolução...

fiquem bem!! beijo


De Sofia_hd a 30 de Janeiro de 2008 às 23:10
Obrigada pelo comentário!

Boa nota para o teu trabalho


De Cláudia a 8 de Março de 2008 às 19:12
Torna-se um suspiro tão doce ler este blog... Obrigada por existirem. Obrigada por reconhecerem a normalidade da procura da essência mais bela da vida - a Felicidade.
Um grande abraço.


De Sofia_hd a 8 de Março de 2008 às 19:43
Eu é que digo obrigado!

Espero que visites o meu blog mais vezes e, já agora, que encontres a "essência mais bela da vida"


De Eu . a 8 de Março de 2008 às 23:45
Concordo plenamente com tudo o que escreveu.
Relativamente ao parágrafo a que se refere aos pais.. É bastante complicado. Falo por mim. Não que se passe comigo , mas sim com a minha namorada.
Temos imensos problemas apenas porque os pais dela nao aceitam a nossa relaçao. E adoram-me ! Mas no que toca à nossa relação... Abominam por completo. E sim, é puro egoísmo. Visto que o argumento é: 'Já pensaste o que é dizerem :" Olha aquela anda com uma rapariga." , o que eu vou sentir? "
Agradeço aos meus pais por me compreenderem. : )
(apesar do pai nao concordar completamente, por razões religiosas, diz que a minha felicidade está acima de tudo.)
O que é fantastico . :)

É bom, ver por aqui que há pessoas de mente abertaa . : D Que haja muita gente assim. :D
*


De Sofia_hd a 9 de Março de 2008 às 00:22
Olá!

Antes de mais obrigada por visitares o meu blog, espero que voltes mais vezes.

A minha opinião sobre o assunto está expressa no post, por isso, não vale a pena repetir.
Acho que, tendo em conta muitos casos, tens sorte por os teus pais realmente gostarem de ti e quererem a tua felicidade. Infelizmente, muitos não têm o apoio dos pais (que, nestes casos, nem sei se devem ser chamados de pais!).

É sempre de louvar que um pai/mãe de preocupe mais com quem é sangue do seu sangue, do que com a mera opinião dos outros.
A tua namorada ainda não tem essa sorte pelo que dizes, mas se referes que eles te adoram, acho que é só uma fase, que ainda estão a tentar interiorizar tudo isto, mas que acabarão por aceitar perfeitamente a situação a curto prazo e perceberão que a opinião do vizinho não tem qualquer valor.


De Eu . a 9 de Março de 2008 às 21:35
Olá !
Pois.. Era fantastico. Mas nós temos de esconder porque... A ameaça é constante... Ou so amizade ou nada! Portanto, em frente aos pais dela. Só amizade. So quando estamos bem longe é que podemos estar normalmente. Mas pronto , coisas da vida.

Sim , voltarei cá! É bastante interessante o teu blog. Não só este assunto, mas todos os outros! Parabéns ! ** =)


De eU MESMO a 28 de Março de 2008 às 11:10
Caros amigos tou a postar pra tentar encontrar a ajuda necessaria... se for possivel da vossa parte.... sempre tive uma vida normal ao lado de amigos de namorando com raparigas e curtindo.. totalmente normal k inda continua.. mas n sei o pk a um ano pra ca ando atormentado com o ser ou nao homosexual n tenho nd contra mas entendam, n tenho desejo pra tar com um homem nem nd k se pareça.. simplesmente as vezes coro e outras cenas inexolicaveis.. k n entendo.. podem n acreditar no k direi, mas desde k acabei com a minha ex k ela me faz a vida negra desde bruxarias a td k possam imaginar... e isso começou a acontecer apartir dai.. têm uma explicação ou sabem onde encontrar? mt obg e desc


De Sofia_hd a 29 de Março de 2008 às 22:08
Olá eU MESMO!

Vou deixar-te aqui apenas a minha opinião, talvez os que sentem ou sentiram o mesmo que tu fossem as pessoas mais indicadas para te dar conselhos ou tirar as tuas dúvidas...

Sinceramente, se dizes que sentes isso quando quando estás na presença de alguns homens (segundo percebi, acho que é isso, certo?), isso não se deve a nenhuma bruxaria. Não deves culpar aqui a tua namorada. Aliás, ninguém é culpado de nada. Se sentes alguma atracção por homens acho que não deves reprimir isso porque acabas por ser mais infeliz.
Acho que deves meditar sobre esses teus sentimentos e, acima de tudo, procurar ser feliz independentemente daquilo que os outros pensam.

Obrigada pela visita!


Comentar post

."Linka-me"

Procura por mim



Também estou no Twitter:

http://twitter.com/Sofia_hd 

 





.mais comentados

.Procura por mim

Procura por mim

.Sobre a Autora

.links

.Desumanidades

. E lá vão 3

. Para rir um bocadito...

. Em período de HIBERNAÇÃO

. A história de um leão

. Direitos dos animais: tou...

. E a moda da Sapatada pego...

. Vamos twittar!

. Já é tempo de alguém dize...

. Preservativos 'católicos'

. FEMINISTIZA_TE

. Cão de água Português vs ...

. Mancha Vermelha

. Pandas: Procriação de suc...

. I'm Back!

. Para Todos!

. Whale Wars

. Sea Shepherd volta à acçã...

. Pense duas vezes

. Haja paciência!

. Manifestação Anti-Tourada

. Nem as crianças são assim...

. DECO organiza manifestaçã...

. Um bocadinho farta!

. Trocando opiniões

. Porta-bandeira iraniana g...

. O sonho (pesadelo) de uma...

. 2 Anos!

. O Véu do Medo

. Crime: ter sido violada

. Espanhóis manifestam-se c...

. Urso polar avistado na Is...

. Dia Mundial Da Criança?!

. Quem é a verdadeira besta...

. Seal hunt

. De volta à acção!

. As piadas de Bush

. A hipocrisia

. Faz sentido comemorar o D...

. Japoneses disparam sobre ...

. Sea Shepherd alcança navi...

. Histórias de vida e de co...

. Porquê pai?

. De volta!

. Começou a caça às baleias...

. Notas de 10 milhões!

. O que tem acontecido na A...

. Baleia vs Japoneses

. I also love Sea Shepherd!

. I Love Greenpeace!

. Ser foca no Canadá

.Baú

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

FEMINISTIZA_TE




.subscrever feeds